Por Que Certos Animais Não se Reconhecem Pelo Espelho?

Sabe por que certos animais não conseguem se reconhecer no espelho? Simplesmente porque eles não possuem o ego humano. É a nossa identificação com o ego que faz enxergar a nós mesmos no espelho para ver se estamos com o cabelo penteado, a maquiagem perfeita, a roupa bem ajustada, etc. Os animais estão conectados o tempo todo com seu Eu Superior, vivendo do jeito que ele é, não se importa com a opinião dos outros e segue sempre a vontade divina. Aliás, os animais já são belos e perfeitos, não precisam de nenhum acessório, portanto não tem nada para verificar em si. Não se reconhecem no espelho por já terem se desapegado do seu ego há muitas reencarnações passadas.

Animais que dizem se reconhecer no espelho, como golfinhos e chimpanzés, podem identificar uma imagem do outro lado, fazerem gestos e se reconhecerem. No entanto, isso é apenas uma capacidade intelectual presente nessas espécies e o espelho não teria nenhuma utilidade para eles como tem para nós. Jamais desejam ver se seus pelos estão alinhados, se há remelas, se a roupa que o tutor colocou nele o deixou bonito. Essa vaidade é do ego. A mente superior aceita o que é e fica em paz como está. Os animais não precisam do espelho, não precisam se enxergar. Já estão com seu interior bem resolvido. Certos humanos nem conseguem se olhar no espelho, porque se sentem mal quando suas feridas dolorosas acabam vindo na consciência. Outros, deixam suas dores trancadas à sete chaves no porão do inconsciente, focam demais na vida dos outros, sendo que nenhum espelho nem um relacionamento humano é capaz de fazê-las virem à tona.

A imagem que vemos de nós mesmos diante do espelho mostra o quanto estamos identificados com a aparência do nosso corpo físico. Não use o espelho para aumentar sua vaidade, seu egocentrismo. Use-o para reconhecer sua beleza ou não, ou seja, procure investigar por que tal parte do corpo lhe desagrada? Por que não gosta disso ou daquilo? Ao invés de buscar incansavelmente por hidratantes, tratamentos, cirurgias estéticas, dietas, maquiagem perfeita… aprenda a identificar quais emoções estão relacionadas a cada parte do corpo e corrija-a para alcançar a harmonia. Sua beleza interna refletirá na sua beleza externa, de forma automática, natural e sem esforço.

Inspire-se nos animais, viva o momento presente, respire fundo, contemple a natureza, conecte-se com sua essência, faça somente o que tem vontade e siga sua intuição. Certamente, nossos animais de estimação têm muito a nos ensinar porque são seres de altíssima evolução reencarnados num corpo limitado de um animal. Eles vieram de planetas muito mais avançados que a Terra, com o intuito de ajudar os seres humanos a atingirem o mesmo patamar evolutivo que eles.

Engana-se quem pensa que eles são seres inferiores só porque não possuem as mesmas habilidades que nós. Maltratá-los, é considerado um crime muito grave para a espiritualidade, devido ao elevado grau de sua evolução. É como fazermos uma maldade a Jesus, Buda, Maomé… o retorno de nossas ações negativas será muito mais intenso do que se fosse para um ser humano, porque esses grandes seres não são vingativos, não devolvem a maldade para nós. Simplesmente não fazem nada, apenas perdoam de verdade, pois entendem que não sabemos o que fazemos de errado e temos muitas questões não resolvidas. Nesse caso, cabe ao Universo, através da Lei do Retorno, devolver o que cada um pediu de forma consciente ou inconsciente. E quando isso acontece, não será nada agradável, pois as leis naturais são bem firmes e certeiras. Não irá olhar se você está decepcionada porque foi traída pelo marido, não irá querer saber se você está com dores horríveis na coluna, nem se você está cheio de contas a pagar… as leis irão atuar para te dar uma lição, um aviso, uma mensagem, no momento mais oportuno. Por isso que é melhor sermos “cobrados” ou “alertados” por outros humanos que consideram nossas dores e pegam um pouco mais leve, do que esperar essas leis atuarem em nossas vidas.

Certos autores afirmam que grande parte das desgraças, tragédias e misérias humanas estão relacionados aos maus tratos aos animais e à natureza. Isto inclui a matança de animais para nossa alimentação e diversão (rodeios e apostas), e também os ensinos/testes médicos feitos em escolas/laboratórios. Quem é observador e interage bastante com animais logo percebe que qualquer erro cometido de forma proposital ou não, quase que imediatamente retorna um evento, uma situação ou um sentimento negativo. Antigamente, esse retorno costumava demorar alguns dias. Hoje, devido a frequência da quinta dimensão chegando cada vez mais na Terra, tudo acontece mais rápido. As consequências de nossas ações vêm na hora! Fica até mais fácil para associarmos nossas ações e nos corrigir o quanto antes. Geralmente, quanto mais desperto e aberto para o crescimento o indivíduo se encontra, mais rápido são os retornos. Não brinque (negativamente) com eles. Para a espiritualidade, é muito diferente fazermos uma maldade para um ser humano (baixa evolução) e para um animal (alta evolução).

O dia que o ser humano transcender totalmente o ego negativo e passar a viver intensamente conectado com seu Eu Superior, não irá mais se reconhecer no espelho. Não haverá mais essa necessidade por já sermos belos e perfeitos. Não terá motivo algum. Enquanto isso não acontecer, vamos utilizar esse objeto como uma ferramenta de aprimoramento pessoal.

Paula Teshima
www.paulateshima.com

Deixe o seu Comentário