Dia de Finados é Dia de Celebração

Hoje é dia de refletir não somente sobre as pessoas que foram embora de sua vida, mas também sobre tudo aquilo que você escolheu se desapegar e deixou ir. Compreenda que nenhuma coisa material é eterno. Apenas suas ações, aprendizados e experiências terrenas ficarão registrados para sempre na sua alma.

O que você tem feito de bom? Estás gerando Karmas positivos ou negativos?

Coisas novas só surgem quando eliminamos o velho, o desgastado, o ultrapassado. A vida só existe porque existe a morte, e vice-versa. São os ciclos naturais da vida terrena. Nada acontece por acaso. E tudo acontece para o nosso bem, sempre. No Universo não existem erros, falhas ou perdas, existem alertas e correções de rumos equivocados que certas pessoas se perdem em seus caminhos. Você desfrutará de uma vida sem sofrimentos, desgraças e doenças quando aprender a se livrar dos apegos e se manter firme na conexão com seu Eu Superior.

Este não é um dia para chorar, morrer de saudades dos entes queridos e ficar numa vibração deprimente. Pelo contrário, é para celebrar aqueles que passaram pela Terra e viveram suas experiências, aprendizados e crescimentos. Só quem cumpriu seu propósito, por bem ou por mal, muito ou pouco, acaba finalizando sua estadia terrena e retorna ao verdadeiro lar da alma. Entretanto, certos indivíduos de forma consciente ou não, transgridem as leis naturais deste planeta e, devido às reincidências acabam sendo expulsos, por assim dizer. Não vamos nos preocupar com o que acontece com cada um, pois, de acordo com a Lei do Retorno, cada um receberá o que merece.

Na verdade, o processo mais difícil da alma é o nascimento, e não a morte. Nascer na Terra é muito árduo e trabalhoso, além de muitos desafios, lições e sofrimentos que esse ser vai ter que enfrentar pela frente. A cada reencarnação temos que aprender tudo de novo: andar, falar, comer, ir na escola, estudar, trabalhar, cuidar do corpo… É muito egoísmo da parte humana querer que tal pessoa fique para sempre ao seu lado. Não deixar a pessoa ir, ser livre, até se encaminhar para outros planos. O apego é a causa de todo o sofrimento humano, como Buda disse. Aceite as coisas como elas são. A vida sempre está em movimento e mudança. Não resista, não controle nada e tudo ficará em paz. Enfim, vamos aplaudir todas as pessoas que estão um pouco melhor do que quando chegaram aqui.

Paula Teshima

Deixe o seu Comentário